Notícias

novembro10 2017

PET/CT, agora disponível no IRPP

A Unidade Democrata do Instituto de Radiologia de Presidente Prudente está com uma grande novidade para você, paciente. O PET/CT, a nova modalidade de exames disponível no Instituto de Radiologia, é uma tecnologia capaz de detectar o câncer ainda em seus estágios iniciais.

O que torna o PET/CT único é o fato de que ele combina duas modalidades de exame em um só, garantindo imagens detalhadas de todo o corpo, além de possibilitar a detecção da atividade metabólica das células.

O exame é feito da seguinte forma: antes mesmo do início do exame, o paciente recebe uma aplicação de glicose, marcada com o 18F-FDG, elemento radioativo detectado pela máquina. A glicose com o elemento marcador é absorvida por diversos tecidos do orçamento, se concentrando principalmente nas áreas de maior atividade metabólica, como nos tumores, por exemplo.

Apesar de ser um exame altamente recomendado na oncologia, a orientação para a realização do PET/CT deve sempre partir de uma avaliação prévia, realizada pelo médico solicitante.

Confira a seguir algumas das indicações para o exame:

  • Diferenciar tumores benignos de malignos;
  • Detectar o tumor primário quando o diagnóstico de câncer é feito por metástase ou síndrome paraneoplásica;
  • Estadiamento de tumores malignos;
  • Avaliação de resposta terapêutica das neoplasias;
  • Diferenciação de tecido cicatricial ou necrótico de tumor viável (em pacientes já tratados);
  • Detectar recorrência tumoral, principalmente quando há marcadores tumorais aumentados;
  • Selecionar local de biópsia em tumores;
  • Guiar planejamento radioterápico.

Além de todas as recomendações acima, o PET/CT também é altamente recomendado em outras áreas da saúde. Veja elas a seguir:

  • Neurologia: localização de foco epileptogênico e diagnóstico diferencial de demências;
  • Cardiologia: viabilidade miocárdica.

Vale a pena citar que o PET/CT é contraindicado para mulheres grávidas ou lactantes, salvo quando a realização do exame se faz extremamente necessária. Nesse tipo de situação, oriente suas pacientes a respeito das medidas que devem tomar.

Assuntos relacionados